Search

O caminho inverso da dor....



Diário na Terra: Numa visão diferente e na aceitação absoluta de que há uma energia amorosa Superior, quer a chamemos Deus, Universo, Comando Superior ou Grande Mae....pouco importa, a visão e aceitação não é um dogma, mas sim um respirar e expirar despejando velhos conceitos e restritivas maneira de pensar, é uma nova percepção!


Claro que não é muito fácil mudar de ideia do dia para a noite, mas estamos aqui tentando e ensinando a romper padrões, porque este e o meu trabalho, afinal romper padrões nunca foi tão essencial e desafiante como agora.


Assumirmos o nosso próprio poder e a nossa autorresponsabilidade perante a vida, aos acontecimentos é de fato assustador para uma civilização como a nossa, carregada de dor, de perdas, separações, de culpas e principalmente soterrada pelo condicionamento existencial que abarca a nossa mente tão manipulada e conduzida.... pelo nosso corpo emocional sobrecarregado de faltas e ressentimentos, das nossas esferas espirituais inacessíveis e tremendamente trabalhosas e solitárias, sem esquecer das nossas experiências materiais e físicas por aqui.


Vivermos bem e livres como eu sempre digo, é o nosso grande desafio! Claro que não estou falando da tal liberdade de não estar atado ou conectado a coisa alguma. Falo da liberdade que contem em si o nosso poder, o poder de criarmos a nossa vida, de sermos donos daquilo que tanto queremos viver.


Sempre colocamos a culpa em tudo: na religião, nas crenças, na espiritualidade, nas doenças, no meio ambiente, na família a qual nascemos, nos familiares que nos acompanham, no pais que nascemos, no governo que comanda o pais que habitamos....e enquanto não transformarmos as vibrações de nossas tão arcaicas e presunçosas alegações e verdades, definitivamente não conseguiremos abrir a nossa percepção para algo novo e incompleto...sim, é fundamental aceitarmos o incompleto e o imperfeito, para abandonarmos a obsessão em seguirmos verdades acreditando que precisamos sempre de comprovações obsoletas e parciais....


Ainda hoje permanecemos alinhados aquilo que alguém disse ser o bom e o certo, e caminhamos lentamente e pateticamente com muitas caixinhas atreladas a nos: Se você não for bondoso não ira para o céu, se você não amar o próximo não será recompensado, se você não ajudar a todos significa que não tem coração, se você se posicionar e defender a si próprio seja lá do que for, será sempre “avaliado” e julgado egoísta, tudo rotulado dentro de caixinhas.


Vocês já repararam o que mobiliza as massas coletivas? O que prende a atenção do povão? O que gera e fomenta a movimentação intelectual e emocional das pessoas e da comunidade? Trocamos a muito tempo o prazer de viver pela necessidade de sermos forte, de sermos aqueles "tais que superaram algo" de sermos os melhores, os competidores...


Ninguém feliz e livre mantem tanto tempo a atenção dos outros – não por enquanto, infelizmente.



























Acredite, o NOVO esta do lado de la.


Você já parou para pensar que o fato de estar aqui, já o tornou livre e poderoso o suficiente, para criar e construir seu próprio destino? Você já refletiu que não importa muito a idade que você tenha hoje - e assim como a maioria - ainda está vivendo uma pequeníssima parte de quem realmente voce é? Sim, você ainda vive tudo aquilo que que foi adotado e absorvido do seu lado de fora...e se transformou num “amontoado de adendos aleatórios....”


Eu sei que não é muito confortável se ver como esse “cabide existencial”, mas é assim....basta olhar a volta e a sua volta. Vivemos em guetos e com reguinhas de avaliações que só nos mantem separados e similares. Sim, somos todos profundamente parecidos e ainda hoje, por incrível que pareça ainda falamos de projeções e nos irritamos com o nossos aspectos quando os vemos nos outros.


Mas nunca é tarde, e se você esta aqui é porque anda se incomodando com o vulgar e trivial, que foi oferecido a todos nos por tanto tempo. Que tal começarmos a treinar para romper paradigmas, e não estou falando sobre anarquista e rebeldes de plantão que povoam as redes sociais com as mesmas histórias de sempre, porque eles não passam disso, de histórias de repetições não é mesmo? O caminho é outro.


Talvez você esteja se perguntando que caminho e esse?


Pois bem, ele não tem a ver com buscas mediúnicas e espiritualistas. Não que todos esses conhecimentos sejam inúteis, ao contrário, mas devem levar-nos a liberdade de sermos nos mesmos, de assumirmos o nosso poder criativo e de sermos responsáveis pela vida que construímos, ou não significara nada.


Também não tem a ver especificamente com nenhuma religião, porque seres cósmicos não possuem religião, ou não seriamos cósmicos. Muito menos tem a ver com partidos políticos de esquerda ou direita, ou nos tornaríamos – novamente - de direita ou de esquerda....


O caminho tem a ver com utilizar os nossos 6 sentidos, completamente ..... totalmente, pela primeira vez. Tem a ver com aprendermos a utilizar o nosso tato para alimentarmos o nosso corpo físico e principalmente o corpo emocional ....tem a ver com o olfato, nos conectando e alinhando o nosso espírito ao nosso instinto – sem medo de quem somos - deixando nos alertas e aptos a viver na Terra integralmente.


Tem a ver com tirarmos os véus da nossa visão, física e espiritual. Tem a ver também com a nossa capacidade de escutar o que a nossa alma pede, sem deixarmos a revelia a nossa vida física. Tem a ver com adquirirmos sabedoria, para aprendermos a discernir o que nos causa medo assim como o que nos liberta, o que nos submete e o que nos desamarra....


Tem a ver com saber se comunicar: utilizar a expressão descontrolada ou reprimida é fonte de inúmeras doenças conhecidas. Colocar boca a fora o que está dentro e boca adentro o que esta fora é um exercício extraordinário.... experimente.


Já passou pela sua cabeça como estaríamos todos, neste lindo planeta Azul, com essa nova percepção em uso?


Não se afobe, se você seguiu cuidadosamente os passos acima você não deveria estar querendo fazer um download barato e aleatório de qualquer resultado sem conteúdo sobre essa nova percepção.... certo? Ou não estaria fazendo nada além de copias.... copias e mais copias....


Como eu disse antes em posts e vídeos e acima, termos consciência so depende de voce, porque nos já possuímos exatamente o que necessitamos para fazer o que queremos. Tudo, absolutamente tudo que precisamos alinhar e realinhar ja esta a nossa disposição, para sermos a nossa melhor versão, e não uma cópia barata de outras tantas espalhadas por ai....


O caminho não é rápido, mas porque as crenças sobre seremos humanos estão intrinsicamente marcadas a fogo em nosso DNA e em nossas memorias, de que a dor, a espera, o pagamento, a divida, a culpa, a perda e as dificuldades nos tornam melhores pessoas.....


Mas a nova percepção trará frescor, porque ele e muito mais suave, prazeroso, surpreendente e novo, completamente novo...


Experimente!



Luz para todos nos

10 views0 comments

Recent Posts

See All