Search

Atenção aos sonhos, cuidado com as mentiras e ilusões...



Diario na Terra:


Netuno - O arquétipo e Senhor dos sonhos e das Ilusões.


Desde que reiniciou seu movimento direto ele tem desafiado a mente de alguns e torturado a imaginação de outros tantos.


As ilusões são os frutos das crenças que adotamos para viver de algo que nos foi oferecido, e que aceitamos como verdade, porque se amolda aos nossos padrões e realidades naquele momento de vida. Podemos discorrer desde a infância com as “boas e saudáveis" crenças do papai Noel ou do coelhinho da Páscoa, que nos mantinham obedientes e bonzinhos, ou por qualquer outra razão que os adultos em nosso convívio, acharam por bem manter. Na adolescência o foco de nossas ilusões está no grupo, e adotamos os ídolos, estilos e maneirismos relacionados a cada época. Faz parte de uma pseudo auto descoberta.


Já como adultos a coisa se complica, além de todas as crenças que acumulamos, passamos a querer fazer parte de algo, nem que seja sendo mais um dentro do grupo dos excluídos, seja la o que isso signifique.....


Não é muito fácil admitirmos que vivemos iludidos, num mundo perdido em crenças limitantes, em falsos condicionamentos e realidades convertidas e pervertidas. Estamos envolvidos em mentiras, enganos e em falsas realidades. Claro que acreditamos naquilo que se molda a nossa realidade interna, nem mais nem menos.


Sobre as ilusões tornou-se um padrão, absorvermos o que e despejado como normalidade coletiva, quer um exemplo corriqueiro? Nascemos todos do mesmo jeito – da união fisica ou mecânica entre um espermatozoide e um ovulo – mas vivemos aterrorizados com a ideia de morte – a única certeza que temos ao nascer!




A imersão em crenças distorcidas é tão dolorosa, que temos dificuldades de viver sem elas! A grande maioria infelizmente jura de pé junto sob as mais diversas crenças, que elas sao a única verdade, mesmo que estas não tenham mais nenhum sentido. Claro que sistemicamente sabemos o motivo: pertencimento em primeiro lugar.



Mas onde estará o fio da meada da nossa civilização e de sua origem cósmica?


Onde será que reencontramos o flash insistente de quem somos? Em meio as nossas crises? Enraizados em nossos traumas? Provavelmente. Não saímos do lugar sem sofrimento, por alguma razão, ainda que incompreensivelmente e precisamos dos chacoalhões para refletirmos sobre o que não está funcionando mais em nossas vidas.


Claro que quando isto acontece, ainda se leva um tempo enorme olhando para o lado de fora, tentando como sempre encontrar culpados para o que não conseguimos resolver ou mudar em nossas vidas. O segundo estágio, após nos mantermos obsessivamente olhando para os outros e para a vida, será a exaustão, ficaremos cansados, deprimidos, com raiva e iremos “mergulhar”. Ainda assim temos o Universo nos ajudando, e com um pouco de lucidez encontraremos o caminho real, que vem coberto de projeções e reflexões do lado de fora, mas também de fantásticas sinalizações.


Se soubermos escutar nosso corpo e nossos sentimentos, podemos nos guiar com estas antenas observando o que nos é oferecido, e o que causam em nossa realidade física. Chamo de realidade física o frio no estomago que voce sente quando sabe que esta insistindo em algo errado, no desconforto, na demora, na sujeição, no medo, na culpa...


Garantido que 100% de todos estes sinais nos levarão a mais correta e digna realidade das nossas escolhas. Aprenderemos que a dor é a reação mais obvia das nossas resistências e ilusões.


O caminho é aquele que está em harmonia, ressoa de dentro para fora e mesmo com desafios, aprendizados e transformações, a sincronia e a compreensão estarão sempre presente! Não há possibilidade alguma de modificarmos a nossa consciência, embasados em exclusão e separações. O Universo está em nós, e nós estamos no Universo. Os erros são cometidos pelas nossas insistências ao confiarmos e adotarmos as ilusões.

Neste momento tão especial, Netuno - o senhor das profundezas do oceano e arquétipo das distorções e ilusões, nos desafia a vermos onde estamos envolvidos em véus, e quais os enganos que se manifestam em nossas vidas em cadeias de repetição.


Claro que este é o lado negativo de Netuno, em nosso mundo dual. Quando estivermos mais aptos a aceitar o invisível, a energia do Universo e do Amor sem tantos paradigmas mentais, estas ilusões e distorções serão cada vez menos evidentes e manifestadas.....Por isso é de suma importância reaprendermos a reconhecer os sinais no corpo, os alertas que nos trazem as circunstâncias incompreensíveis do nosso dia a dia, e reaprendermos a escutar nossa alma, que nos sussurra permanentemente em nossos corações.


Sonhe, mas não se iluda, o sonho tem a ver com a sua ação e criação neste mundo e envolve o nosso mundo fisico e limitado, mas a ilusão envolve a inação e a distorção da realidade e nos torna dependentes e vitimas. Seja utópico e busque sempre mais alto e além, assim sua consciência se expandira, mas não se transforme num distópico, preso no coletivo, e enredado em suas crenças pessoais carregadas de culpas e medos da transformação.


Ouse experimentar a Liberdade que ja se encontra a nossa disposição.


Que todos nós possamos usufruir igualmente com a luz e com o que esta a nos sendo oferecido, sempre e mais.



Cynthia france



13 views0 comments

2021  created  by Cynthia france