Rompendo tabus....

October 6, 2018

Decidi falar um pouco sobre energia, apos perceber o quanto as pessoas continuam sem entender o básico sobre energia, sobre de si mesmas, e como ainda, o que e milenar continua sendo “tabu”, “incompreendido”, “rotulado”       ( leia-se julgado...) e negado.

 

 

 

Falar de Astrologia ainda no presente ou trás a curiosidade como componente principal ( o que e muito bom...), ou trás a negação pela propria ignorância em relação ao estudo e simbologia metafísica e mitologia da psique humana.

A astrologia virou tabu, assim como o sexo, a maternidade, os relacionamentos etc... em algum ponto da historia recente da nossa civilização. Porque queiramos ou não, nossa civilização e bem velhinha.....Nem tudo que nos cerca hoje era exatamente desta maneira antes, muito menos nem tudo que nos cercava antes era real, assim como nem tudo e Real, ainda hoje.

 

Em algum momento da nossa historia a culpa foi inserida tão profundamente, que se pudéssemos brincar a respeito, diríamos que ha um gene no nosso DNA chamado culpa. A culpa gera medo, e o medo aprisionado gera raiva. Quando na verdade o medo ( como expressão de cautela e atenção ) e o principal componente da Liberdade e do Crescimento. Soa bem estranho não e mesmo? Mas quando temos medo, significa que estamos diante de alguma memoria, ou necessidade que nos incomoda, como um pedra fora do lugar, ou de uma ferida que não cicatriza. O medo e na verdade um alerta e deveria ser tratado como tal, e não como defeito!

 

O grande e maravilhoso significador do medo, no nosso imenso Universo astronômico, e Saturno. Saturno na mitologia representava o pai que devorava os filhos que Gaia - a Terra - tinha, por medo de perder o poder.  O poder que Saturno representa e o poder do "conhecido", o que hoje se denomina a tal       "zona de conforto".  Alias muito obvio, com seus anéis de proteção, não e mesmo?  

 

Saturno, antes da era crista (e essa expressão nada tem a ver com Jesus Cristo) nos ajudava por associação e projeções a lidar com materialização do que se possui internamente e concretamente, sem no entanto termos acesso livre para entrarmos em contato com a nossa Verdadeira Essência. Para acessarmos a nossa Essência Real e necessário que olhemos para dentro de nos mesmos, sem medo do que iremos encontrar, e principalmente sem medo de aprender e de mudar. Para passar pelos anéis de proteção e de auto defesa que nos circundam, e preciso coragem, muita coragem!

 

O problema gerado atualmente entre nos, humanos, em permanente crescimento e evolução, e que aprendemos a nos defender, antes mesmo de experimentarmos o novo! E o que e pior: o novo e desconhecido nos assusta!

E la vamos nos criarmos muletas psicológicas para nos defendermos: doenças, fobias, depressão, perversão de muitas das nossas energias primordiais, isolamento, e uma serie de dificuldades sem fim que nos impedem de nos integrarmos em nosso sistema.  

 

A atuação de Saturno e no nosso ambiente externo, e sempre nos trará algum componente em conflito, que nos incomodara profundamente.  Quando algo incomoda, e porque esta faltando ou esta sendo escondido!  E enquanto nos faltar algo essencial para o nosso crescimento, não teremos paz, ate que haja compreensão e integração daquele aspecto deficiente. E simples assim! 

Carl Jung ja afirmou genialmente : Aquilo que não confrontamos em nos mesmos, viveremos como (a "pedra" do) Destino. 

 

Procuramos ( e encontramos ) nos outros o que não conseguimos expressar em nos mesmos. Do melhor e do pior. Se tenho dificuldades em me posicionar perante a vida de maneira geral, ou em algum determinado aspecto, eu terei bastante dificuldade com pessoas mais autoritárias e independentes. Da mesma maneira viverei orbitando a volta de pessoas que possuem aquilo que me falta.  E ate que eu aprenda o doce caminho da autossuficiência, eu viverei com medo e me defendendo, ate que eu aprenda e desenvolva em mim, aquilo que me falta e que esta me incomodando. 

 

As energias existem, e o aprendizado também, para ajudar-nos a evoluir e não como punição! A carga excessiva de medo e culpa que esta inserida desde o nosso nascimento esta desequilibrando todo o nosso sistema interno e externo. Medo e culpa mal direcionados geram raiva, insegurança e dor. 

 

Seria sim, muito mais fácil se fossemos educados para aceitarmos todos os nossos aspectos, todas as nossas inseguranças e faltas. Então poderíamos aprender sem dor e sem acusar os outros com aquilo que não conseguimos desenvolver, e com  o que nos falta...

 

Na verdade, a vida seria muito mais participativa, e a idiossincrasia de cada um de nos não incomodaria tanto! Mesmo porque, nao e exatamente a idiossincrasia do outro que nos incomoda, e sim, a falta do que não assumimos em nos mesmos que gera o conflito. A estagnação e a manipulação e o sintoma mais feio desta energia. Basta olharmos a condição do nosso planeta azul e o que os nossos irmãos humanos ainda insistem em viver...

 

Caminhar, evoluir e essencialmente aprender, sem medo de nos vermos como somos tem que ser um novo paradigma. So assim iremos mudar a necessidade egoica de que "somos perfeitos e de que não precisamos mudar em nada".

 

O que nos incomoda e nos tira do equilíbrio, precisa sim, ser modificado, ha algo naquela condição que precisa ser aprendida! E temos a obrigação de desenvolver o que nos trás paz interna e fluidez.

 

Eu digo sempre aos meus clientes: Se esta doendo e se esta difícil, m.u.d.e, porque esta errado....

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts

April 25, 2020

April 11, 2020

March 12, 2020

February 22, 2020

Please reload

Archive
Please reload